dedim di prosa

Neste espaço, ou melhor nessa cozinha, à beira do fogão à lenha você ouve Mestre Zuza, ou Sêo Zuza, contando e cantando causos, poesias, cantigas e histórias das poeiras estradas por onde passou.

Velho jagunço das hordas de Zé Bebelo, boiadeiro dos sertões das Gerais, do Goiás, Bahia e estradão, Mestre Zuza vem com viola na mão, dedilhando histórias e contando canções pra gente toda ouvir e viajar.

.

..

MESTER ZUZA EM ARRANJO DE CALIX BENTO

..

DUAS ONÇAS, UMA BALA: UM CAUSO DE MESTRE ZUZA

..

A VERDADE E A MENTIRA


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: